Conheça as soluções disponíveis e explore os temas que o Sebrae tem para oferecer

Vendas Pessoas Empreendedorismo
Conheça outros temas
Decifrando os canais de venda - Conceitos e aplicações
E-book Vendas Marketing

O que sua organização tem feito para se tornar mais competitiva? Como as estratégias relacionadas a vendas estão sendo disseminadas na organização? Baixe nosso e-book e saiba mais sobre os canais de venda!

Aumente suas vendas com simples escolhas
E-book Vendas Marketing

Quais desafios na área de vendas sua empresa enfrenta? Para superá-los, é preciso ter, além de esforço e dedicação, inspiração para criar soluções criativas. Nosso e-book aborda a estruturação de um bom gerenciamento de vendas.

Mercado & Vendas: Melhores estratégias
E-book Vendas Marketing

Quer saber como conquistar novos clientes, encantar os que já possui e obter melhores resultados? Baixe nosso e-book e descubra!

Veja mais soluções do tema Conheça outros temas

Empreendacom sucesso!

Como o Sebrae pode te ajudar?

Icone

Trilhas de autoaprendizagem.

O Sebrae preparou um conjunto de conteúdos para você se especializar ainda mais. Conheça as nossas trilhas e encontre a que mais te ajude no seu dia-a-dia.

Icone

Cursos online e presenciais

Cursos de capacitação para você aprender o que é mais importante para o desenvolvimento do seu negócio.

E-books ricos em conteúdo.

Confira os materiais ricos sobre empreendedorismo para que você possa se especializar cada vez mais.

Pessoas

Existe um Sebrae para cada tipo de empreendedor!

Qual o seu perfil?

Quero empreender Microempreendedor Individual Tenho um pequeno negócio
Pronto para o mercado: Quais os modelos e áreas de negócios são ideais para você?
E-book Empreendedorismo

Quantos negócios que surgem passam pelas etapas de criação e estruturação? Você sabia que pular esses processos pode ser motivo para o fechamento de uma empresa? Acesse o e-book e aprenda boas práticas que te ajudarão nessas fases!

A jornada dos Pequenos Negócios no Mercado
E-book Empreendedorismo

O caminho para o sucesso de uma micro ou pequena empresa possui obstáculos, mas o Sebrae está sempre por perto para ajudá-lo a superar cada um deles. Entenda a importância das MPEs para o empreendedorismo brasileiro baixando nosso e-book!

MEI - Serviços on-line
E-book Leis e Normas

Entenda como se tornar um Microempreendedor Individual e saiba todas as informações pertinentes a essa categoria tão importante para o empreendedorismo! Acesse essas e outras facilidades sobre o MEI baixando já nosso e-book!

Aumente suas vendas com simples escolhas
E-book Vendas Marketing

Quais desafios na área de vendas sua empresa enfrenta? Para superá-los, é preciso ter, além de esforço e dedicação, inspiração para criar soluções criativas. Nosso e-book aborda a estruturação de um bom gerenciamento de vendas.

Veja mais soluções deste perfil

Agência de notícias

Agência Sebrae de Notícias Abertas as inscrições para aceleração de negócios liderados por mulheres negras

Rio Grande do Norte - Natal - Mulheres negras que comandam um negócio com forte impacto na comunidade no Rio Grande do Norte e desejam a evolução da empresa podem participar do Programa Quartzo, uma iniciativa de aceleração focada no desenvolvimento e impacto social de negócios tradicionais liderados por empreendedoras com esse perfil. O programa é promovido pelo Sebrae no Rio Grande do Norte em parceria com a BlackRocks Startups – hub de inovação preto. A meta é selecionar 50 negócios tradicionais liderados por mulheres negras e provocar uma transformação empreendedora nessas empresas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 19 de junho pelo site https://digital.rn.sebrae.com.br/lp/projeto-quartzo/. Para participar, a empresa precisa ter pelo menos uma mulher negra entre os sócios, possuir CNPJ ativo e domiciliado no território potiguar com operação mínima de seis meses e já com faturamento comprovado no mercado tradicional. O programa tem duração de quatro meses, iniciando em julho e finalizando em outubro deste ano. A ideia é potencializar empreendimentos tradicionais e trabalhar para o aperfeiçoamento de técnicas e instrumentos a serem ensinados ou desenvolvidos por meio de mentorias, workshops, consultorias de gestão e palestras. Além disso, a metodologia do Quartzo também conta com a preparação de novos modelos de negócio para o mercado, a troca de conhecimentos entre eles, o ecossistema empreendedor e outros potenciais parceiros. O projeto recebe o apoio do Itaú Mulher Empreendedora e a International Finance Corporation (IFC).   Lançamento   A edição 2022 do Programa Quartzo foi lançada na última segunda-feira (23), na sede do Sebrae, em Natal, e contou com a participação do diretor técnico da instituição, João Hélio Cavalcanti, que fez a abertura do evento. Segundo o executivo, o Quartzo é um marco na atuação do Sebrae no estado e um importante agente de mudança nas perspectivas de sustentabilidade e prosperidade das empresas selecionadas pelo programa. “A transformação digital é mais do que inovação e adoção de tecnologia ou modelo de negócio. É um passo relevante para se chegar a novos mercados, aumentar a competitividade e ampliar a geração de lucro nas empresas dessas mulheres empreendedoras. No programa, nossa missão é apoiar, fortalecer e orientar essas empresas, objetivando garantir a presença delas num contexto mais tecnológico e competitivo”, avalia João Hélio Cavalcanti. A solenidade também contou com a participação virtual de Elisabeth Rocha, que é Head de Operações BlackRocks, além de representantes das duas instituições apoiadoras do programa: a gerente de Relações Institucionais do Itaú Mulher Empreendedora, Luciana Barroso, e da oficial de Operações da IFC, que faz parte do Grupo Banco Mundial, Helene Meurisse. Durante o evento, foi apresentado o Painel de Afro Empreendedoras aceleradas na edição anterior, Bárbara Lopes (Bendita Confeitaria), Ste Moreira (Casa Afropoty), Vanessa Vieira (salgadinhos da Neide) e Thamise Cerqueira (Moinho de filmes) que expuseram suas experiências e interagiram com o público participante em um bate papo. Tanto Bárbaro Lopes, como Ste Moreira retornaram da edição anterior para serem mentoras e articuladoras da edição atual. Para Maitê Lourenço, idealizadora do Quartzo, fundadora e CEO da BlackRocks, o programa vai proporcionar a troca de experiências e conhecimentos, com acesso a ferramentas e estratégias para modelar negócios mais inovadores e oportunidades no mercado. “Maximizar as oportunidades e conexões transformadoras que fomentem a inovação dessas mulheres para que exponenciem seus negócios e potenciais de liderança é nossa entrega inegociável”. “O programa Itaú Mulher Empreendedora reúne um conjunto de soluções para inspirar, capacitar e conectar empresárias. Buscamos inspirar e incentivar a partir da história e experiência de mulheres que criam novas referências de liderança e sucesso, além de inserí-las aos ambientes adequados para expandir redes de relacionamento, realizar negócios, parceria e troca de informações. O Quartzo é ligado ao nosso propósito e às entregas que pretendemos fazer para as mulheres negras do Rio Grande do Norte”, explica Luciana Nicola, Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Itaú Unibanco, responsável pelo Itaú Mulher Empreendedora.   Conexões entre mulheres   Desde o lançamento do Itaú Mulher Empreendedora, a IFC contribui com apoio estratégico, técnico e financeiro para estimular a participação feminina nos negócios e na economia. “A igualdade de gênero está no foco da agenda de desenvolvimento da IFC no Brasil. Criar condições para dar oportunidades às mulheres, especialmente às mulheres negras, no ambiente digital e tecnológico é cumprir com nossa estratégia e também apoiar a inclusão e a expansão das oportunidades econômicas no país”, afirma Carlos Leiria Pinto, Gerente Geral da IFC no Brasil. “Queremos com esse programa transformar vidas e impulsionar negócios. A proposta é fazer com que as participantes se conectem a outras comunidades de mulheres, desenvolvendo-se tanto quanto pessoas quanto negócios”, resume a analista técnica do Sebrae-RN, Júlia Viana. A inspiração para o nome do programa está nesse que é o segundo mineral mais abundante da Terra, e o Brasil é um dos países mais rico em variedades de quartzo. Com estrutura cristalina, a pedra preciosa amplia e purifica energias, possui a capacidade de produzir eletricidade quando submetido a pressão e tem uso diversificado - da construção civil à fibra ótica. Essas características se assemelham ao perfil das pessoas que empreendem: versáteis, diversas, dedicadas, múltiplas. Segundo Maitê, o desenho da iniciativa partiu de uma provocação de mão dupla: trazer as oportunidades do digital para o tradicional e levar as especialidades do offline para o mundo digital.

Leia mais!
Agência Sebrae de Notícias Sebrae e ALRN vão instalar Sala do Empreendedor em todas as cidades

Rio Grande do Norte - Natal – O Sebrae no Rio Grande do Norte e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) se uniram para dotar todos os municípios potiguares com uma estrutura de suporte aos empreendedores e apoio ao desenvolvimento de atividades econômicas. Dirigentes das duas instituições assinaram convênio, nesta terça-feira, para a execução do Projeto Município + Empreendedor, cujo objetivo de munir os 167 municípios do estado com uma Sala do Empreendedor. A reunião para a assinatura do termo de cooperação foi realizada, pela manhã, na ALRN, com participação dos dirigentes do Sebrae e o do presidente da casa legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira. “Estamos dando um passo importante para que os empresários e potenciais empreendedores de qualquer localidade do Rio Grande do Norte tenham um espaço adequado, que concentre os principais serviços para abertura, funcionamento e fechamento de empresa de forma ágil e desburocratizada”, afirma o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN, Itamar Manso Maciel, durante a assinatura do termo. Também participaram da reunião os diretores João Hélio Cavalcanti (Técnico) e Marcelo Toscano (Operações). Para Ezequiel Ferreira, o projeto servirá para atender as necessidades básicas dos empreendedores de forma ágil e sem burocracia. “O projeto Município Mais Empreendedor vai dar uma grande contribuição aos 167 municípios do Rio Grande do Norte com a implantação de um ambiente voltado para a geração de negócios em cada um dos municípios potiguares”, destaca o parlamentar. Isso porque as Salas do Empreendedor funcionam como um ambiente feito para quem empreende ou sonha empreender, seja como MEI (microempreendedor individual) ou ME (microempresa), além de ser o local ideal para dar orientação para o crédito, capacitação e auxílio técnico para fomentar o desenvolvimento. “Essa parceria contribui bastante para que tenhamos ambientes mais favoráveis para se empreender. É uma iniciativa que valoriza o empreendedorismo e traz benefícios para milhares de empreendedores do estado. E juntamente com o Sebrae e a Assembleia, as prefeituras municipais, cumprem o papel de fomentar a livre iniciativa, criando melhores condições para as micro e pequenas empresas", afirma o diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti. Pelas regras do programa, cada prefeitura deverá disponibilizar um espaço físico, onde a Sala do Empreendedor será estruturada e equipada, e caberá ao Sebrae estruturá-la, adotando um modelo funcional, acolhedor e confortável, com mobiliário e equipamentos. Será de responsabilidade da prefeitura municipal a nomeação de um Agente de Desenvolvimento (AD), um articulador entre o Sebrae e os empresários. A Sala do Empreendedor deverá estar conectada à Rede SIM, que é uma rede de simplificação, e, nela, o empreendedor terá acesso a um sistema conectado ao Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Tributação, Secretaria de Meio Ambiente e a Junta Comercial. Ou seja, toda uma estrutura de informação em rede de internet com esses órgãos e os canais do Sebrae, permitindo uma aproximação maior com as Agências Sebrae instaladas no interior do estado.

Agência Sebrae de Notícias Startup Day une empreendedorismo inovador em três cidades do RN

Rio Grande do Norte - Natal- O último sábado (21) foi marcado pelo movimento para capacitação e conexão entre empreendedores digitais com a oitava edição do Startup Day 2022. A mobilização promovida pelo Sebrae ocorre em todos os estados do país, tendo ocorrido de maneira online no período da pandemia.No Rio Grande do Norte, as atividades voltaram a ser presenciais, marcando a temporada de retomada dos grandes eventos realizados pelo Sebrae no Rio Grande do Norte. O Startup Day ocorreu simultaneamente em Natal, Mossoró e Currais Novos. _Olho_ “É uma edição toda focada nas startups, com programações e capacitações de acordo com o estágio de maturidade dos ecossistemas de inovação de cada cidade e vocações econômicas. Em Natal, por exemplo, as atividades estão muito relacionadas às áreas de investimento e aceleração”, explica a analista da Unidade de Negócios, Inovação e Tecnologia (UNIT) do Sebrae-RN, Jéssica Sena. Segundo ela, este ano, pela primeira vez, o Startup Day seria realizado em Caicó, tendo como foco as startups que poderiam gerar soluções para as áreas da moda e indústria têxtil, porém o evento teve de ser cancelado. A dinâmica de construção do Startup Day é toda colaborativa, privilegiando as demandas e necessidades das startups locais, com a participação de todo o Sistema Sebrae e a comunidade de inovação. De acordo com o gerente UNIT do Sebrae-RN, David Góis, o evento representa uma oportunidade ímpar para a troca de experiências com empreendedores e mentores experientes, além de aproveitar os conhecimentos que são repassados e incorporá-los na rotina e gestão da startup. Em Natal, foram 340 inscritos nesta edição, que serve como prévia para o GO!RN, previsto para ocorrer em outubro. O evento foi aberto com a palestra de Rodrigo Rico, que é empreendedor em série e fundador da Octadesk, uma das empresas de software de maior crescimento no país, com mais de 3.000 clientes no Brasil, América e Europa. Ele proferiu a palestra de 0 a R$ 100 milhões - entender o novo consumidor pode fazer você chegar lá. O Startup Day Natal também contou com as palestras de Wilson Teixeira, da startup RHGestor, “A experiência de uma startup acelerada” e de Juliana Rizola, do Nubank, “A importância da validação de negócios e produtos”. Uma das maiores aceleradoras independentes de startups do Brasil, a WOW, também esteve presente no Startup Day Natal. Gestor de portfólio da plataforma Vicente Piccoli ministrou a palestra Aprendizados Práticos sobre Product Market Fit. Ele ainda participou de um painel com quatro startups potiguares que estão sendo investidas e aceleradas pela WOW: Face Ponto, Surf Mappers, Amentoria e Fiscalize. Para apresentar os editais e projetos voltados para os empreendedores digitais e negócios inovadores, foram detalhados os editais Centelha 2 e Startup NE. “Estamos começando um trabalho com a metodologia do Ecossistemas Locais de Inovação (ELI), que deve chegar a seis municípios do interior do estado, onde há um potencial para desenvolvimento dos ecossistemas de inovação e fomentar novas ideias de negócios inovadores ”, acrescentou o gestor do Projeto de Startups do Sebrae-RN, Carlos von Sohsten. No interior Em Mossoró, o Startup Day serviu para reunir empreendedores da região Oeste do estado e incentivá-los a pensar negócios lincados às vocações econômicas locais, como é o caso do setor de petróleo, gás e energias, para gerar novas soluções digitais potencializadoras de produtividade. A abertura foi com a palestra “Criando uma Startup de um copo d’água”, proferida por Gláucio Bezerra. Em seguida, Aleneilson Barbosa falou sobre a relação entre Startups, Comunidade e Ecossistema.No painel Papo de Startups, Biafra Targino (PBA Engenharia), Juliana Pivotto e Filipe Oliveira ( Teccim Soluções) e Thiago Silvano (Solar Z), partilharam as experiências com os participantes. Eles são responsáveis por startups criadas nas região. Já Julio Lêdo apresentou a “Humanização dos negócios na era digital”, abordando o papel das startups com Impacto Social. Durante o evento, o Sebrae apresentou as iniciativas para alavancar e acelerar as novas ideia ou negócios, com os Editais Centelha e Startup NE. Em Currais Novos, a programação foi dedicada à integração entre turismo e tecnologia para abertura de novas possibilidades de negócios para empreendedores digitais. As palestras traçaram um panorama do Geoparque Seridó e como fortalecer o turismo regional a partir do desenvolvimento de ecossistemas inovadores. Já o Meet & Connection levou para os participantes os casos das Startups Turistech. Esse também foi tema de um papel no fim da manhã. O evento também estava previsto para ser realizado em Caicó, mas devido às fortes chuvas, que caíram na região no dia anterior e chegaram a danificar o telhado do espaço Maria Vale, no Complexo Ilha de Santana, onde ocorreria o Startup Day Caicó, a programação teve de ser cancelada e deverá ser remarcada para outra data “É uma edição toda focada nas startups, com programações e capacitações de acordo com o estágio de maturidade dos ecossistemas de inovação de cada cidade e vocações econômicas" Jéssica Senna - Analista do Sebrae-RN

Agência Sebrae de Notícias Foco no NE pode ser a saída para marca local alcançar mercados

Rio Grande do Norte - Natal - Para uma empresa que produz moda no Rio Grande do Norte, ainda é uma tarefa árdua driblar a barreira do regional e alcançar o mercado nacional. Um dos caminhos possíveis é descobrir o que marca detém de único, peculiar, não apenas investir em produtos bons de qualidade. E o elemento nordestino, intrínseco aos negócios locais, é a aposta mais certeira. A recomendação é da jornalista baiana e diretora de conteúdo criativo da plataforma Nordestesse, Daniela Falcão, que por quase 30 anos foi editora da Revista Vogue Brasil. “Para se chegar a um mercado novo, não basta ter um produto bom, porque milhares fazem produtos bons. É preciso ter uma boa estória para contar. E, comumente, as marcas não sabem contar sua estória”. Daniela Falcão fala do assunto com muita propriedade, já que abraçou a missão de projetar o talento de empreendedores dos nove estados do Nordeste, com ênfase no design autoral e no resgate de tradições, saberes e matérias-primas da região, nas áreas de moda, design, artes visuais, gastronomia e hotelaria. A plataforma Nordestesse reúne mais de cinquenta profissionais e marcas da economia criativa da região, cujos produtos estão disponíveis no marketplace da Magalu, iniciativa resultante da parceria entre Sebrae e uma das gigantes do varejo nacional com a plataforma nordestina de difusão de marcas novas. _Olho_ A especialista é mentora de 12 marcas potiguares do ramo de moda autoral, que são atendidas pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, e veio a Natal, no último dia 18, participar do Meeting da Moda, evento aberto para empresários do setor promovido pelo Projeto Setorial de Moda do Sebrae-RN. Daniela Falcão ministrou a palestra 'Como uma Marca Regional pode Conquistar o Mercado Nacional', e, ao lado da designer de joias potiguar Sheila Morais, dialogou sobre estratégia e trajetória com empresários potiguares. “Contar, para quem ainda não conhece uma marca, a história, de onde ela vem e como trabalha, é interessante para formar a persona da marca. E, de preferência, usando os atributos que só o Nordeste tem”, ressalta. Daniela Falcão reforça que há um movimento no Brasil, e no mundo, de valorizar o que é feito à mão. “Usar um pouco mais as artesanias, colocar um detalhe em crochê, um bordado, sem mudar o DNA da marca. O Rio Grande do Norte tem uma vasta riqueza de bordados. As grifes que produzem uma alfaiataria leve, linho, devem explorar isso. Não tem quem saiba, por exemplo, trabalhar tanto o linho no Brasil quanto o Nordeste. A sabedoria de vender uma moda resort já é um grande diferencial”, garante a jornalista. Isso porque, mais que uma mera peça de roupa, o que consumidores das demais regiões do Brasil buscam é uma grife que retrate diálogos com saberes ancestrais, com as raízes nordestinas, associados a um trabalho autoral de design que faz o produto ter um apelo contemporâneo. “Hoje em dia, o consumidor tem curiosidade para descobrir coisas novas. Acabou a hegemonia de grandes grupos internacionais. A mulher busca novidade para usar, e não uma peça que todos sabem de onde vem. Quer uma peça que as pessoas perguntem: ‘nossa que linda! De onde é?’. Essa mudança de comportamento do consumidor permite muito que pequenas empresas façam sucesso. Vem essa vontade de se conectar com o que é diferente”. A especialista dá ainda um recado aos novos empreendedores do segmento, que ainda persistem em envergonhar-se de assumirem nordestinos. “Sempre recomendo, não use nomes em inglês. Busque palavras em português e que tragam em sua estética, em sua logomarca, essa história regional, porque isso vai fazer brilhar os olhos das pessoas. Às vezes, é quase que dar autoestima. Assume esse seu lado, não fica com vergonha que você tem de único. Talvez seja a melhor ferramenta de marketing que você vai ter”. Como a transformação digital já uma realidade e as redes sociais se consolidam como plataformas para fazer negócios, Daniela Falcão também tem um conselho, principalmente para aqueles que caem na cilada da ansiedade e querem expor todas as peças em lojas virtuais no Instagram, por exemplo. “É preciso usar essa excelente ferramenta de vendas de maneira que pare o olho de quem vê. Não adianta colocar todos os produtos no Instagram. Deixa isso para a sua loja física, site ou catálogo. Na rede social, você tem de escolher uma estória que quer contar sua ou da marca”. Acabou a hegemonia de grandes grupos internacionais. A mulher busca novidade para usar, e não uma peça que todos sabem de onde vem. Essa mudança permite que muitas pequenas empresas façam sucesso Daniela Falcão - Diretora da plataforma Nordestesse

Agência Sebrae de Notícias Sebrae entrega troféus aos prefeitos vencedores e lança projeto Município + Empreendedor

Rio Grande do Norte - Natal – O Sebrae no Rio Grande do Norte lançou na manhã desta quinta-feira (19) o Projeto Município + Empreendedor, que prevê a instalação da Sala do Empreendedor nos 167 municípios do Rio Grande do Norte, garantindo atendimento facilitado, gratuito e diferenciado aos cidadãos empreendedores. Durante o lançamento em café da manhã na sede da instituição, os dirigentes do Sebrae fizeram a entrega dos troféus aos vencedores da XI edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor – Governador Cortez Pereira 2022. Numa solenidade bastante concorrida, a entrega da premiação foi realizada em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado e a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e contou com a participação de autoridades municipais e dos prefeitos premiados e assessores e secretários municipais. Os dirigentes do Sebrae-RN, Itamar Manso Maciel (presidente do Conselho Deliberativo Estadual), José Ferreira de Melo Neto (diretor superintendente) e João Hélio Cavalcanti (diretor técnico) fizeram a entrega dos troféus aos prefeitos premiados, juntamente com o presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do RN, deputado estadual Kleber Rodrigues, e o presidente da FEMURN e prefeito de São Tomé, Anteomar Pereira da Silva (Babá) A premiação tem como objetivo, estimular ações das gestões municipais, que possibilitem um melhor ambiente de negócios e o fortalecimento do empreendedorismo com foco nas micro e pequenas empresas. A entrega dos troféus estava programada para o dia 9 deste mês, mas teve que ser adiada em virtude do falecimento do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio (Paulinho, como era mais conhecido pela sociedade), que inclusive foi um dos vencedores do prêmio, na categoria Marketing Territorial e Setores Econômicos com o projeto inscrito “São Gonçalo com charme”. O troféu foi recebido pelo atual prefeito Eraldo Paiva, que era o vice-prefeito do município localizado na Região Metropolitana de Natal. Na avaliação do presidente do Conselho Deliberativo Sebrae-RN, Itamar Manso Maciel, os prefeitos que concorreram ao prêmio demonstram grande espírito público, no compartilhamento de suas experiências, e os que se destacaram pelas melhores práticas nas categorias, tornaram-se referência estadual e podem galgar a etapa nacional da premiação. “Parabenizo a todos com uma homenagem especial, ao prefeito Paulo Emídio, de São Gonçalo do Amarante, nosso querido Paulinho, que partiu para outro plano, deixando um grande legado desenvolvimentista, e, que foi vencedor da categoria Marketing Territorial e Setores Econômicos”, afirma Itamar Manso. Molas propulsoras Itamar Manso agradeceu aos parceiros, como o presidente da FEMURN, prefeito Anteomar Pereira (Babá) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira, representado na solenidade pelo deputado Kleber Rodrigues. “Com muito esforço, parceria e engajamento haveremos de alcançar um Rio Grande do Norte ainda mais empreendedor. Temos o dever de persistir em iniciativas que fortaleçam o empreendedorismo, o emprego e a recuperação da nossa economia”, acrescenta o presidente do Conselho do Sebrae-RN. O diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto, apresentou o projeto Município + Empreendedor destacando a importância da parceria com as 167 prefeituras municipais para a instalação de uma Sala do Empreendedor, que permita ações importantes em prol das micro e pequenas empresas no município. Para tanto, é fundamental a figura do Agente de Desenvolvimento designado pela prefeitura local. Durante a apresentação, Zeca Melo fez um resgate da linha do tempo dos avanços na luta para a conquista da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas. “Nós temos aqui no estado uma articulação entre o Sebrae e as instituições parceiras, como a FEMURN e Assembleia Legislativa, que é resultado do esforço conjunto de todos e que vai nos permitir a concretização desse projeto Município + Empreendedor inédito no país. Para isso, contamos com a adesão das prefeituras municipais para a instalação da Sala do Empreendedor, que terá um Agente de Desenvolvimento da prefeitura local”, atesta Melo. O presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do RN, deputado estadual Kleber Rodrigues, reconheceu que os prefeitos premiados têm contribuído com um diferencial para os seus municípios em inúmeras áreas da gestão municipal. O deputado fez menção ao prefeito recentemente falecido, Paulo Emídio, que foi um dos contemplados com o prêmio pelo município de São Gonçalo do Amarante. Kleber Rodrigues lembrou a luta travada pela aprovação da Lei Geral das MPEs do Rio Grande do Norte com o apoio do setor produtivo e Assembleia estadual. “Estar ao lado do Sebrae, que representa tanto para o RN, é um orgulho para a Assembleia Legislativa do Estado”, elogia. O deputado destacou o importante papel das MPEs para a economia, sobretudo na geração do emprego, que no RN registraram 2.167 contratações, contra 550 vagas nas grandes empresas. “As MPEs são as molas propulsoras para o desenvolvimento do estado”, reitera. Vencedores estaduais Prefeitos de nove municípios conquistaram a edição estadual do prêmio, com destaque para o prefeito de Acari, Fernando Antônio Bezerra, que ganhou em três categorias do prêmio: Cidade Empreendedora (Avança Acari), Compras Governamentais (Compre Bem Acari) e Governança Regional e Cooperação Intermunicipal (Geoparque Seridó), por fazer parte dos seis municípios do Consórcio do Geoparque, cujo projeto foi inscrito pelo prefeito de Currais Novos Odon Oliveira de Souza Júnior. O projeto Geoparque Seridó também garantiu premiação para os prefeitos Gilson Dantas de Oliveira (Carnaúba dos Dantas), Raimundo Marcelino Borges (Cerro Corá), Luciano Silva Santos (Lagoa Nova) e Tiago de Medeiros Almeida (Parelhas). O prefeito de Lagoa Nova, Luciano Santos, conquistou a premiação na categoria Inovação e sustentabilidade com o projeto “Lagoa Nova e sua nova face”. O município de Natal, que concorreu com dois projetos em categorias distintas, conquistou o prêmio na Categoria Desburocratização com o projeto “Modernização e Desburocratização”. O prefeito de Natal, Álvaro Dias, destacou a importância do prêmio como reconhecimento a todo o trabalho de desburocratização, que vem sendo realizado pela equipe de secretários com programas interligados à REDESIM e nos centros de empreendedorismo instalados no bairro comercial do Alecrim e na Zona Norte de Natal. “É um trabalho de orientação aos empreendedores para que instalem suas empresas de uma forma correta e possam caminhar firmes em direção ao futuro”, afirma. Álvaro Dias acredita que o reconhecimento do prêmio serve de exemplo e estímulo ao esforço feito pela Prefeitura de Natal para desburocratizar vários tipos de licenciamentos como os alvarás, que antigamente eram um grande entrave e que agora podem ser tirados pela internet em menos de um minuto. “É um avanço significativo na simplificação e desburocratização dos serviços na nossa gestão à frente da prefeitura municipal”, afirma o prefeito, elogiando a iniciativa do Sebrae de reconhecer os projetos que fomentam o empreendedorismo. O prefeito de São Paulo do Potengi, Eugênio Pacceli Souto, foi outro grande destaque da etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor - Governador Cortez Pereira 2022, tendo logrado êxito em duas categorias: Sala do Empreendedor, com o projeto “Projeto Crescer” e Empreendedorismo na Escola, com o projeto “Capacitando Talentos”.   O objetivo da premiação é estimular o desenvolvimento municipal e reconhecer o prefeito ou prefeita que criou as dições necessárias à um ambiente favorável ao empreendedorismo na região e executaram projetos voltados ao desenvolvimento dos pequenos negócios locais. Todos os vencedores da etapa estadual do Rio Grande do Norte concorrerão nas suas respectivas categorias, na etapa nacional do prêmio, cuja premiação está marcada para o dia 28 de junho próximo, na sede do Sebrae, em Brasília (DF).       

Ver todas as últimas postagens